Última hora

Última hora

Novas imagens do atentado contra Maduro

Em leitura:

Novas imagens do atentado contra Maduro

Novas imagens do atentado contra Maduro
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Venezuela; Nicolas Maduro, prepara-se para responder com firmeza aos ataques de que foi alvo com drones no sábado em Caracas. Foram publicadas imagens inéditas de um dos dois aparelhos a explodir e também o som de segundo drone a rebentar. De acordo com as autoridades, sete militares ficaram feridos, três com gravidade. O ministério do Interior afirmou serem aparelhos DJI M600 carregados com um quilo de explosivo C4.

"Quanto ao outro aparelho, descontrolou-se perto do evento, tombou num edifício da Avenida Bolívar e rebentou ao nível do primeiro andar antes de cair no chão, declarou o ministro do interior, Nestor Reverol.

Ainda segundo as autoridades, este tipo de drones pode transportar grandes cargas.

Elementos dos bombeiros, tinham negado a versão do governo sobre a existência de um segundo drone.

O grupo rebelde "Movimento Nacional Soldados de Camisas" reivindicou a ação. O movimento é o mesmo que teria ligações a Oscar Perez, um ex-policia que em junho de 2017 atacou a sede do Ministério do Interior com um helicóptero roubado.

Já o governo acusou a extrema-direita e apontou o dedo a Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia e aos Estados Unidos, acusações já rejeitadas.

O Presidente Nicolas Maduro atravessa um momento de forte impopularidade, em especial devido ao desastre económico em que a Venezuela está mergulhada.