Última hora

Última hora

Casal alemão condenado por violar e vender o filho a pedófilos

Em leitura:

Casal alemão condenado por violar e vender o filho a pedófilos

Casal alemão condenado por violar e vender o filho a pedófilos
Tamanho do texto Aa Aa

A mulher que vendeu o filho a pedófilos na darknet, uma área de Internet fora do alcance dos motores de busca convencionais, foi condenada a uma pena de prisão de 12 anos e seis meses pelo tribunal de Freiburg, no sul da Alemanha.

O parceiro da mulher, e padrasto da criança, foi condenado a 12 anos de prisão.

Os cidadãos alemães, de 48 e 39 anos, também abusaram sexualmente do menino durante, pelo menos, dois anos.

A criança tinha nove anos quando o julgamento começou, em junho.

O tribunal também condenou um cidadão espanhol a 10 anos de prisão por, repetidamente, abusar sexualmente do menino.

A polícia de Freiburg disse que este é um dos casos mais graves de abuso infantil que já investigou.

O caso veio à luz após uma denúncia anónima em setembro passado, e levou à prisão de oito pessoas que foram indiciadas por pertencerem a uma rede de pedofilia online.

Três dos presos foram agora condenados.