Última hora

Última hora

Argentina: Lei do aborto votada no Senado

Em leitura:

Argentina: Lei do aborto votada no Senado

Argentina: Lei do aborto votada no Senado
Tamanho do texto Aa Aa

O veredito final sobre a lei do aborto na Argentina está nas mãos do Senado.

Depois da aprovação na câmara dos deputados, em junho, o projeto de lei que permitiria a interrupção voluntária da gravidez durante as primeiras 14 semanas vai ser votado pelos senadores. Prevê-se que a votação aconteça na madrugada de quinta-feira, hora local.

De acordo com um documento da organização Economia Feminista, há um grande equilíbrio entre o "sim" e o "não" já que dos 72 senadores: 37 estão contra, 26 a favor, 7 estão indecisos e esperam-se 2 abstenções.

Mas tudo pode mudar, se existirem alterações como por exemplo a diminuição do prazo para abortar.

Caso o senado chumbe o projeto de lei, será preciso aguardar até ao próximo ano para reiniciar um processo semelhante.