Última hora

Última hora

Fisco espanhol devolve dois milhões de euros a Cristiano Ronaldo

Em leitura:

Fisco espanhol devolve dois milhões de euros a Cristiano Ronaldo

Fisco espanhol devolve dois milhões de euros a Cristiano Ronaldo
Tamanho do texto Aa Aa

O Fisco espanhol decidiu devolver dois milhões de euros a Cristiano Ronaldo, no âmbito do processo de alegada evasão fiscal do futebolista português.

Em junho, a justiça espanhola já havia condenado o ex-jogador do Real Madrid a pagar 18,8 milhões de euros, além de uma pena suspensa de dois anos.

Agora, os serviços tributários consideraram que Ronaldo pagou impostos a que não estava legalmente obrigado, quando em 2014 cedeu os seus direitos de imagem a duas sociedades radicadas nas Ilhas Virgens Britânicas e propriedade, através da sociedade Mint Media, do empresário e dono do Valência, Peter Lim, para potenciar a sua presença no mercado asiático.

Como a prestação de serviços ocorria fora de Espanha, a operação deixava de estar sujeita ao pagamento de IVA, que Ronaldo liquidou no valor de 2.094.200,72 euros.

Segundo o jornal El Mundo, o agora jogador da Juventus já entregou ao Estado espanhol 13,4 milhões de euros e o resto da multa seria paga ao longo das próximas semanas.

Assim, o Fisco procedeu a um acerto de contas e Ronaldo, que sempre afirmou nunca ter tido intenção de fugir aos impostos, vai pagar um total de 16,7 milhões de euros.