Última hora

Última hora

Mikles Ungvari vence em casa no Grande Prémio de Budapeste

Em leitura:

Mikles Ungvari vence em casa no Grande Prémio de Budapeste

Mikles Ungvari vence em casa no Grande Prémio de Budapeste
Tamanho do texto Aa Aa

O herói do segundo dia do Grande Prémio de Budapeste foi Mikles Ungvari.

Na final da categoria -73kg, o atleta húngaro derrotou o tricampeão mundial Masashi Ebinuma. Aplaudido e a lutar em casa, Ungvari sofreu um ataque de Ebinuma, previsto pelo atleta húngaro, que inverteu o jogo e lançou Ebinuma para o tapete.

O Ippon aplicado valeu a Ungvari o título de campeão do Grande Prémio de Budapeste.

Aos jornalistas e depois de assinar um série de autografos a jovens atletas, o húngaro disse que gostaria de devolver ao judo aquilo que recebeu ao longo das décadas. "Sei o quanto isto significa para estes jovens e sei o quanto isto significa para mim, agora tento devolver tanto ao desporto em si, como a estes jovens atletas.", afirmou Ungvari.

Nos femininos, a mulher do dia foi a japonesa Nouchi Aimi, que enfrentou a alemã Martyna Trajdos, na final da categoria menos de 63 quilos. Deixou até o último segundo para marcar um _ippon, _que lhe deu o terceiro ouro em mundiais de 2018.

Na categoria 63 quilos, Andreja Leski impôs um contra-ataque que levou a canadiana Stefanie Tremblay até ao tapete.

Alan Khubetsov, da Rússia, liderou o pódio na categoria menos de 81 quilos depois de enfrentar, na final, Kenya Kohara do Japão, ganhando com um ippon. Foi o primeiro ouro para o judoca em dois anos.

Mas as medalhas não se ficaram por aqui para o Japão, Saki Niizoe conquistou o ouro na categoria menos de 70 quilos.

O movimento deste segundo dia do Grande Prémio de Budapeste vai para o sueco Robin Pacek, com uma queda de pés, frente ao holandês Frank de Wit.