Última hora

Última hora

Um milhão a dançar pela tolerância em Zurique

Em leitura:

Um milhão a dançar pela tolerância em Zurique

Mais de um milhão voltaram a dançar este ano na "street parade" de Zurique
© Copyright :
REUTERS/Arnd Wiegmann
Tamanho do texto Aa Aa

Decorreu este fim de semana na Suíça mais uma edição do "Street Parade", um desfile de amantes de música de dança, sobretudo "house" e "techno", e que se concentraram em Zurique sob o lema da "cultura da tolerância" nesta 27.ª edição do evento helvético.

Mais de um milhão de pessoas concentraarm-se junto nas margens do lago de Zurique, a maior cidade helvética, e dançaram ao som da música proveniente de seis palcos fixos e vinte palcos móveis.

A representar Portugal nesta edição da "Street Parade" de Zurique esteve a organização do Festival BPM ("bartenders", "promotores" e "músicos"), um evento de quatro dias marcado para 20-24 de setembro, em Portimão, no Algarve.

A equipa do Festival BPM aproveitou esta festa suíça para promover o evento português e logo no camião de abertura do desfile ao som dos DJ's Dubfire e Nicole Moudaber.

A primeira edição da "Street Parade" decorreu em Zurique a 05 de setembro de 1992, resultando de um sonho do então estudante de matemtica Marek Krynski, inspirado pela "Love Parade", de Berlim, na Alemanha.

Há 26 anos, o desfile de música de dança reuniu cerca de 1000 pessoas e revelou-se um sucesso apesar da descrença de que as pessoas aderirem-se a vir para a rua em pleno dia dançar ao som de música eletrónica.

Com alguns obstáculos e cepticismo das autoridades pelo caminho, a "Street Parade" continuou a crescer em Zurique e em 2001 atingiu pela primeira vez a cifra de um milhão de participantes.

Hoje em dia conta com o apoio da autarquia e das autoridades locais. Só este fim de semana estavam marcados na cidade mais de 100 festas paralelas ao desfile.

Todos os artistas participam no evento de forma gratuita, garante a organização, que não tem fins lucrativos com esta festa de verão.

O dia seguinte deixa sempre um rasto de lixo por Zurique, mas a organização da "Street Parade" quem assume os gastos pela limpeza da cidade.

Mais sobre Cult