This content is not available in your region

Havai já sofre os efeitos do furacão Lane

Access to the comments Comentários
De  João Paulo Godinho
Havai já sofre os efeitos do furacão Lane

Chuvas torrenciais e fortes ventos assolam já o Havai, onde o furacão Lane obrigou à retirada de milhares de pessoas.

Apesar das várias inundações e dos deslizamentos já considerados catastróficos no território, a tempestade tem vindo a perder alguma intensidade.

As autoridades americanas reduziram o Lane para a categoria 2 na escala Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5. Os ventos sopram agora a cerca de 140 kms/h, numa fase em que a tempestade está ainda a mais de 100 kms da capital Honolulu.

As ilhas de Oahu e Maui, as mais povoadas deste arquipélago, continuam sob alerta de furacão e as autoridades estaduais desdobram-se em avisos à população para que se proteja e armazene reservas de água, comida e combustível.

O estado de emergência sob o Havaí foi declarado já nesta última quarta-feira por Donald Trump.

O presidente dos Estados Unidos da América conversou com o governador do Estado, David Ige, e publicou uma mensagem sobre esse telefonema na sua conta na rede social Twitter.

Trump autorizou mesmo a libertação de fundos federais para fazer face aos danos do mau tempo no território e ajudar as populações.