This content is not available in your region

Estádio de Lyon "sob ataque"

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
Estádio de Lyon "sob ataque"

Um grupo de terroristas armados invade o Estádio de Lyon, ataca os espetadores, provoca vários feridos e refugia-se no interior do recinto com reféns. Felizmente, tudo não passou de uma simulação para mostrar como respondem as autoridades francesas a situações de emergência.

O exercício foi realizado no âmbito da cimeira do G6 e contou com o olhar atento dos ministros do interior dos seis países com maior população da União Europeia. Contou com a participação de mais de 300 figurantes e 450 agentes de polícia e socorristas.

François Giret, Diretor de Operações da Gendarmeria, refere que "desde 2015 que trabalham de forma regular sobre a complementaridade das forças de segurança" e que "esta é a oportunidade para o fazer numa grande superfície".

O atentado à redação do Charlie Hebdo, em janeiro de 2015, levou as autoridades francesas a redobrar esforços de preparação para cenários extremos, seja em recintos desportivos, em escolas ou em fábricas. Por muitos esforços que se façam nesse sentido, nunca se está demasiado preparado.