This content is not available in your region

Airbnb retira casas da Cisjordânia da listagem de Israel

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Airbnb retira casas da Cisjordânia da listagem de Israel

A empresa norte-americana de turismo Airbnb decidiu retirar da listagem de Israel as casas que estão instaladas na Cisjordânia, território ocupado pelo estado israelita.

A empresa diz ter tomado a decisão devido ao conflito entre israelitas e palestinianos, tal como explicou através do site:

"Concluímos que deveríamos remover da listagem de imóveis de Israel aqueles que estão nos colonatos da Cisjordânia, que estão no centro da disputa entre israelitas e palestinianos", escreveu o Airbnb.

Em causa estão 200 imóveis. Do lado palestiniano, a notícia foi bem recebida, mas do lado israelita nem por isso.

Oded Revivi, presidente da Câmara de Efrat, uma cidade da Cisjordânia administrada por israelitas, considera a atitude do site norte-americano "perturbadora". 

"É perturbador porque o objetivo do Airbnb é que pessoas conhecam novas pessoas, que vejam como é que essas pessoas vivem, que conhecam a envolvência, as necessidades e talvez até os sonhos.", disse. 

Israel ocupou a Cisjordânia em 1967 e muitos países consideram essa ocupação ilegal.