This content is not available in your region

Grécia transfere refugiados do campo de Moria

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Grécia transfere refugiados do campo de Moria

Têm todos nacionalidade afegã e foram finalmente transferidos do que muitos chamam "um autêntico inferno". Trata-se do primeiro grupo de um total de 1500 pessoas, deslocadas do polémico campo de Moria, na ilha grega de Lesbos, para o continente, concretamente para Salónica.

O destino final foi um outro campo, o de Neo Kavala, em Kilkis. Até agora, todos os campos de acolhimento na Grécia situavam-se em ilhas.

Criança afegã transporta pertences da família

A última contagem no centro de Moria, uma antiga base militar, aponta para mais de 11 mil pessoas, sobretudo sírios, afegãos e iraquianos.

As condições são mais do que precárias e a violência, frequente: em agosto, foi morto um jovem afegão.

Segundo o correspondente Apostolos Staikos, "esta transferência tem sido vista como o momento de retomar algum fôlego perante o problema premente de excesso de refugiados nesta ilha. Só nos últimos dias, chegaram da costa turca quase 250 pessoas".