This content is not available in your region

“Citizen K” estreou em Veneza

Access to the comments Comentários
De  Euronews
“Citizen K” estreou em Veneza

Estreou no Festival de Cinema de Veneza o documentário sobre a ascensão e queda de Mikhail Khodorkovsky. O crítico de Vladimir Putin já foi um dos homens mais ricos da Rússia, mas foi acusado de crimes financeiros e preso durante dez anos.

Alex Gibney, realizador de “Citizen K” vê o filme como “uma oportunidade para falar sobre como funciona o poder na Rússia”. 

Aos jornalistas, falou sobre o trabalho com Khodorkovsky.

“Ele é extremamente distante quando o conhecemos pela primeira vez. Porque é tímido mas também porque é muito reservado e muito difícil de compreender. Por isso, não tinha ideia definida sobre ele. Sabia que era um tipo duro. Percebe-se imediatamente. É como se fosse construído como um tanque de guerra. E também podemos ver nos seus olhos e quando sorri, há aço no seu sorriso. Mas com o tempo percebemos que há um lado terno e que é interessante essa contradição”.

“Citizen K” é baseado em mais de 24 horas de entrevistas a Khodorkovsky, que agora vive na Grã-Bretanha. 

A maioria sobre aos anos na prisão e sobre a detenção em 2003 na Sibéria.