This content is not available in your region

Marega faz história no futebol português

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Marega faz história no futebol português
Direitos de autor  MIGUEL RIOPA / AFP

Moussa Marega abandonou o campo durante o jogo do Porto com o Vitória de Guimarães deste domingo. A decisão do jogador é vista como um momento que vai ficar na história do futebol português como o caso mais flagrante de racismo.

 Marega fez o 2-1 para os azuis e brancos aos 60 minutos . Exagerou nos festejos, viu um cartão amarelo e, partir daí, passou a ser assobiado sempre que tocou na bola. Aos 70 minutos o jogador pediu para ser substituído.

O caso saiu das quatro linhas e de Portugal e criou uma onda de apoio ao avançado do Porto e contra o racismo. 

O secretário de Estado da Juventude e Desporto português diz que o que aconteceu é “inaceitável e envergonha uma sociedade tolerante”. João Paulo Rebelo garantiu que o governo vai identificar e “punir de forma exemplar” os responsáveis.

Do mundo do futebol, Sérgio Conceição, Fernando Gomes, a Liga de Clubes e vários equipas como Benfica e Sporting defenderam os valores do desporto e criticaram todas as formas de discriminação.

 O caso Marega não passou despercebido para a imprensa estrangeira, para jogadores como Anthony Martial, do Manchester United e para clubes como o Vasco da Gama e o Borrusia Dortmund.