This content is not available in your region

HSBC vai cortar 35 mil empregos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
HSBC vai cortar 35 mil empregos
Direitos de autor  AP Photo/Kin Cheung

O diretor executivo do maior banco da europa explicou que a redução de 15% de funcionários a nível mundial vai acontecer durante os próximos três anos e faz parte de um plano de contenção de custos. 

Noel Quinn explicou que o grande objetivo desta nova fase é o crecimento.

" Hoje avançamos com medidas decisivas para lidar com as partes do negócio com pior desempenho, para redistribuir capital para as oportunidades de crescimento, para simplificar ou fazer negócios e para reduzir a base de custos do HSBC". Mas temos um objetivo e o objetivo é crescer".

Os maus resultados de 2019 foram provocadas pela guerra comercial entre Washington e Pequim, pela saída do Reino Unido da União Europeia e o pelo novo coronavírus

O HSBC tem sede em Londres e presença em quase todo o mundo, mas os maiores lucros chegam da China.

O novo plano prevê ainda uma reorganização profunda com o reforço das atividades na Ásia e no Médio Oriente, em detrimento do banco de investimentos na Europa e Estados Unidos.

Noel Quinn não revelou as regiões que serão afetadas mas destacou que o número de demissões no Reino Unido será considerável.