This content is not available in your region

Coronavírus faz as primeiras vítimas no Irão

Access to the comments Comentários
De  João Paulo Godinho
Coronavírus faz as primeiras vítimas no Irão
Direitos de autor  euronews

O novo coronavírus causou as duas primeiras mortes de cidadãos do Irão.

A informação foi avançada ao final desta quarta-feira pela agência estatal de notícias IRNA, escassas horas após a revelação pública da deteção dos casos, que citou uma assessora do ministro da Saúde, identificada como Alireza Vahabzadeh.

As vítimas são dois idosos que viviam na província de Qom, a cerca de 140 quilómetros a sul da capital Teerão.

“Infelizmente, as duas pessoas morreram numa unidade de cuidados intensivos por causa da sua idade avançada e de um sistema imunitário fraco”, escreveu a IRNA, citando outra fonte do ministério da Saúde iraniano, Kianouche Jahanpour.

Embora não se conheçam mais detalhes, as últimas informações adiantaram também a existência de um número não especificado de casos suspeitos em isolamento, algo que acontece a poucos dias das eleições legislativas no país, marcadas para sexta-feira.

Entretanto, no Japão, começou o desembarque do Diamond Princess. O barco, com mais de 3.700 pessoas a bordo, foi colocado de quarentena há duas semanas após um primeiro caso de Covid-19.

Agora, cerca de 500 passageiros, sobretudo idosos, receberam autorização para desembarcar.

No entanto, as medidas de contenção não impediram o contágio de mais de 620 pessoas no barco, naquele que é o maior número de casos de infeção fora da China.

Outras fontes • AP / Lusa