This content is not available in your region

Búlgaros exigem nas ruas queda do Governo

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Borges de Carvalho  com EFE
Búlgaros exigem nas ruas queda do Governo
Direitos de autor  Valentina Petrova/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.   -  

Pelo nono dia consecutivo, milhares de búlgaros saíram às ruas para exigir a demissão do governo do primeiro-ministro Boyko Borissov, a quem acusam de corrupção.

Protestos que também são agora dirigidos à televisão pública da Bulgária.

Os manifestantes querem a demissão do atual diretor-geral do canal público BNT, a quem acusam de censurar e despedir vários jornalistas por criticarem membros do governo ou dos parceiros de coligação.

Na mira dos manifestantes está também o procurador-geral da Bulgária, Ivan Geshev, que consideram ser um aliado do primeiro-ministro.

O país está mergulhado numa crise política, com o Presidente Rumen Radev e a oposição a exigirem a queda do governo conservador de Boyko Borissov.

O primeiro-ministro acusa o Chefe de Estado de incitar aos protestos e pôr em perigo a estabilidade do país.

Segundo os últimos dados oficiais, a Bulgária é o país mais pobre e com o maior nível de corrupção da União Europeia.