This content is not available in your region

Papa Francisco defende união de facto entre homossexuais

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Papa Francisco defende união de facto entre homossexuais
Direitos de autor  ANGELO CARCONI/EPA   -  

É uma declaração inédita do Papa Francisco: os casais homossexuais devem ter direito à união de facto.

Numa entrevista de um documentário intitulado "Francesco", apresentado no Festival de Cinema de Roma, o Sumo Pontífice defendeu, nas suas palavras, que "os homossexuais têm o direito a ter uma família. Eles são filhos de Deus". Segundo o Santo Padre, é necessária "uma lei de união civil".

Francisco já tinha evocado esta possibilidade, sobretudo enquanto arcebispo de Buenos Aires, mas não tinha abordado ainda a necessidade de criar um enquadramento legal que salvaguarde a proteção do direito à união.

No entanto, o Papa continua a manifestar-se resolutamente contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, afirmando que o matrimónio será sempre entre um homem e uma mulher.