"Festa das luzes" atrai milhares de pessoas na Índia

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
"Festa das luzes" atrai milhares de pessoas na Índia
Direitos de autor  Rajeev Bhatt / AP   -  

A cidade de Ayodhya, no norte da Índia, bateu um recorde do Guinness pelo segundo ano consecutivo, ao acender mais de 606 mil lanternas por ocasião do Diwali, a festa das luzes, na tradição hindu. Apesar da beleza do espetáculo, há vozes críticas contra a organização da festa deste ano e da imprudência de atrair milhares de visitantes numa altura em que a Índia, como o resto do planeta, está afetada pela Covid-19, que já matou mais de 130 mil pessoas no país.

O Diwali é festejado em toda a Índia, com celebrações também em cidades como Gandhinagar ou a capital, Nova Deli.

Este ano, até saiu das fronteiras do país e foi festejado a milhares de quilómetros. A fachada da galeria Tate Modern, em Londres, foi transformada para a ocasião pela artista Chila Kumari Singh Burman, com uma instalação feita à base de luzes de néon.