This content is not available in your region

Lisboa sofre com a falta de turistas

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
Traseuntes passam por uma loja fechada na zona da baixa pombalina de Lisboa
Traseuntes passam por uma loja fechada na zona da baixa pombalina de Lisboa   -   Direitos de autor  Tiago Petinga/ 2020 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.   -  

Lisboa fechou as portas e nem todas voltarão a abrir. O cenário é negro para os comerciantes da capital portuguesa e 115 espaços comerciais já foram obrigados a encerrar no coração da cidade. As ruas estão vazias, faltam os habituais turistas e a culpa é da covid-19, que apenas veio revelar que o sucesso do comércio da capital não passava de um gigante com pés de barro.

Manuel Lopes é o presidente da Associação de Dinamização da Baixa Pombalina e coloca o dedo na ferida ao revelar que 70% do comércio estava diretamente dependente do turismo. Faltam residentes no centro de Lisboa e o regresso dos "clientes habituais" é fundamental para a sobrevivência do setor.

Também o setor da cultura atravessa sérias dificuldades, ainda que o impacto causado pela quebra no turismo seja menor. Este sábado centenas de trabalhadores dos espetáculos manifestaram-se no Campo Pequeno para pedir ajuda às autoridades e tentar evitar a "morte certa" da cultura em Portugal.

Alheia aos estragos que provoca, a covid-19 segue a sua marcha implacável. Só este domingo perderam a vida 73 pessoas com a doença em Portugal, tendo-se registado 4788 novos casos.

Editor de vídeo • Bruno Sousa