This content is not available in your region

G7 apoia acesso universal às vacinas

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
G7 apoia acesso universal às vacinas
Direitos de autor  Vincent Thian/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved   -  

A produção e distribuição global de vacinas contra a Covid-19 tiveram um novo impulso, como o apoio da administração norte-americana à iniciativa da Organização Mundial de Saúde, que pretende acabar com os direitos de propriedade intelectual sobre as patentes das vacinas, para que sejam mais baratas e universais.

Reunidos numa cimeira, em Londres, os ministros dos Negócios Estrangeiros do G7, grupo de sete países mais industrializados do mundo, apoiaram um acesso barato e equitativo às vacinas, tratamento e diagnóstico a nível global. Prometeram igualmente mais dinheiro ao esquema de distribuição de vacinas das Nações Unidas, o Covax.

Convidado a participar na reunião, o chefe da diplomacia da Índia acabou por ser o exemplo da disseminação do vídeo no país, já que ele e toda a comitiva entraram em isolamento depois de dois elementos terem testado positivo.

A Índia é, neste momento, o país onde a pandemia mais está a matar. Os últimos números diários dão conta de quase quatro mil mortes em 24 horas e mais de 400 mil novos casos de infeção. Milhares de pessoas estão a morrer, muitas vezes nas ruas, à falta de lugar nos hospitais e com o país a enfrentar uma escassez no oxigénio.

Esta segunda vaga e a variante indiana do vírus estão também a afetar os países vizinhos. O mais atingido é o Nepal, onde durante três dias consecutivos foram registados mais de sete mil novos casos diários de Covid. Vários países estão a suspender os voos e a fechar as fronteiras com a Índia, com medo que o surto se alastre.