This content is not available in your region

Busto de George Floyd inaugurado no feriado pelo Fim da Escravatura

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
Monumento pelas "vidas negras" inaugurado em Brooklyn
Monumento pelas "vidas negras" inaugurado em Brooklyn   -   Direitos de autor  Ed JONES / AFP

George Floyd vai continuar a inspirar o respeito pelas “vidas negras" em Brooklyn, onde foi inaugurada este sábado uma estátua de 1,80 metro de altura com o busto do cidadão norte-americano morto sob o joelho de um polícia em maio do ano passado, em Minneapolis.

A inauguração inseriu-se nas celebrações do "Juneteenth", o simbólico feriado regional pelo fim da escravatura nos Estados unidos, que tem mais de 100 anos e agora foi tornado nacional depois de o Presidente Joe Biden ter ratificado a alteração federal.

A data coincide com o dia 19 de junho de 1865 em que foi decretada a Ordem Geral N.° 3 no estado do Texas, afirmando que a partir de então todos os escravos passavam a ser pessoas livres.

As expressões anglófonas para "junho" ("june") e "dezanove" ("nineteenth"), aglutinaram-se para batizar a celebração desta data como "Junteenth".

Deputada municipal em Nova Iorque e conhecida ativista local pelos direitos humanos, Farah Louis afirmou que a nova estátua "transmite a força e a dignidade de George Floyd".

"Espero que inspire os eleitores, os residentes e quem por ela passar a manter a mobilização, a marchar e a educar para uma mudança ativa. Não podíamos fazer melhor pelo George Floyd do que homenageá-lo em pleno ‘Juneteenth’ e em todos os dias daqui para a frente", acrescentou Farah Louis.

Em Washington, a celebração do dia da emancipação dos escravos decorreu na nova Praça “Black Lives Matter” (tr.: "Vidas Negras importam").

O local onde no ano passado aconteceram diversos protestos contra a ação da polícia de Minneapolis na morte de Floyd foi rebatizado com o nome do movimento antirracista norte-americano e agora tornou-se num dos muitos palcos da celebração deste novo feriado nacional pelo fim da escravatura nos Estados Unidos.