This content is not available in your region

Maior retrospetiva de Paula Rego na Tate Britain de Londres

Access to the comments Comentários
De  Patricia Tavares
Retrospetiva de Paula Rego na Tate Britain
Retrospetiva de Paula Rego na Tate Britain   -   Direitos de autor  LUSA   -  

Paula Rego saiu de Portugal, em 1963, como mulher e pintora portuguesa e chegou a Londres, em 1976, como mulher e pintora estrangeira. Ao longo da carreira conseguiu arrombar as portas das galerias da discriminação e assinou esta grande obra com a palavra "vitória".

Desta vez é o museu de arte Tate Britain, em Londres, que abre as portas para receber uma exposição retrospetiva de Paula Rego, com mais de 100 obras da artista. Para o filho, Nick Willing, representa uma vitória “simbólica” sobre a discriminação que sofreu enquanto mulher e estrangeira. O que a levou a pincelar uma série de telas nos anos 90 intitulada “Mulher Cão” - que “revolucionou" a representação da mulher. Também deu pinceladas de críticas violentas a Portugal, particularmente ao regime salazarista, que dominou a história nacional portuguesa durante quarenta anos - crítica eternizada na obra "Salazar Vomiting the Homeland", de 1960.

Esta exposição abrange 60 anos da carreira da artista. Paula Rego na Tate Britain, em Londres, de 07 de julho a 24 de outubro.