This content is not available in your region

Reino Unido acaba com quarentena para passageiros da União Europeia

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AFP
Reino Unido acaba com quarentena para passageiros da União Europeia
Direitos de autor  Matt Dunham/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved   -  

A partir desta segunda-feira, o Reino Unido deixa de exigir um período de quarentena aos passageiros com a vacinação completa que chegam da União Europeia e dos Estados Unidos.

As novas regras aplicam-se a chegadas de países classificados como "laranja" por Londres, que são a maioria dos destinos incluindo a Europa e a América do Norte, exceto a França. Para os países classificados como verdes, não é imposta qualquer quarentena, independentemente do estatuto de vacinação, e para os países da lista vermelha (Índia, América do Sul, Emirados Árabes Unidos), a quarentena é obrigatória para todos.

O Reino Unido, um dos países europeus mais afetados pela pandemia com mais de 129 mil mortos, está atualmente a atravessar uma nova onda epidémica atribuída à variante Delta, apesar de uma diminuição notória de casos na última semana.

França denuncia regras discriminatórias

França ficou de fora da flexibilização das regras de entrada no Reino Unido. O governo de Boris Johnson justificou a decisão com a presença da variante Beta, mas as autoridades francesas lembram que a maior parte dos casos estão concentrados na ilha da Reunião, no Oceano Índico.

Para Clement Beaune, Secretário de Estado para os Assuntos Europeus, as regras britânicas impostas são “excessivas e incompreensíveis”. “Não é uma medida inspirada na ciência e é discriminatória em relação aos franceses”, disse Beaune.

O Secretário de Estado revelou que “por enquanto”, França não planeia aplicar medidas semelhantes ao Reino Unido.