This content is not available in your region

Pequena ilha britânica antecipa neutralidade carbónica

Access to the comments Comentários
De  Teresa Bizarro
Pequena ilha britânica antecipa neutralidade carbónica
Direitos de autor  AP Photo   -  

A ilha britânica de Rathlin, na costa da Irlanda do Norte, quer atingir a neutralidade carbónica até ao final da década. Na pequena parcela de terra, com cerca de 13 qulómetros quadrados, vivem 150 pessoas. Só está ligada à rede elétrica desde 2007, mas quer rapidamente reconverter-se.

Para Michael Cecil, presidente da Associação Comunitária para o Desenvolvimento de Rathlin, "existem excelentes alternativas, como ferries movidos a hidrogénio." Este responsável considera que é até possível "produzir hidrogénio em Rathlin" e adianta que isso "reduz a pegada de carbono, esperemos, a zero, e também nos dá alguma segurança porque estamos a gerar e vender a nossa própria energia".

Quem vive do mar aplaude a decisão, até porque está na primeira linha do impacto das alterações climáticas. Kate Burns, agricultora subaquática, não tem dúvidas de que este é "o maior desafio da nossa vida", e alerta que "não é algo distante, acontece aqui e agora e é muito assustador".