This content is not available in your region

Alexei Navalny "vítima de violência psicológica"

Access to the comments Comentários
De  euronews
Alexei Navalny "vítima de violência psicológica"
Direitos de autor  Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved   -  

Alexei Navalny diz ser vítima de "violência psicológica" na prisão.

Em entrevista ao jornal "The New York Times", o opositor do presidente Vladimir Putin descreveu as condições na prisão russa, onde está desde janeiro de 2021, dignas de um "campo de trabalho chinês".

"Imagine algo como um campo de trabalho chinês, onde todos andam em fila e há câmaras em todo o lado. Há um acompanhamento constante e uma cultura de denúncia", conta o antigo advogado de 45 anos numa troca de correspondência com 54 páginas manuscritas.

Nela, detalha a realidade dos seus dias, afirmando serem principalmente dedicados a ver televisão estatal russa ou filmes de propaganda. "Tem de se sentar numa cadeira e ver televisão (...) Ler, escrever ou fazer qualquer outra coisa" é proibido.

"Tudo está organizado para que eu seja controlado ao máximo, a cada hora do dia", diz, denunciando "violência psicológica".

Navalny conta que durante as suas primeiras semanas na prisão, os guardas acordaram-no várias vezes por noite. "Compreendo agora porque é que a privação do sono é um dos métodos favoritos de tortura dos serviços secretos (...) Não deixa vestígios e é insuportável".