This content is not available in your region

Benfica acompanha Sporting CP nos oitavos de final da Liga dos Campeões

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
João Mário assitiu e Yaremchuck lançou o Benfica para a vitória
João Mário assitiu e Yaremchuck lançou o Benfica para a vitória   -   Direitos de autor  AP Photo/Armando França   -  

O Benfica juntou-se esta quarta-feira ao Sporting nos oitavos de final da Liga dos Campeões. Derrotado em casa, o FC Porto privou de Portugal de ter pela primeira três equipas nas 16 melhores da Europa.

Na derradeira jornada da fase de grupos, as "águias" receberam e venceram o Dinamo de Kiev, por 2-0, e festejaram também o resultado de Munique.

Lançado de início contra a antiga equipa, o ucraniano Yaremchuck abriu o caminho para a vitória, aos 16 minutos, concretizando uma assistência de João Mário.

Pouco depois, Gilberto fez o 2-0 e arrumou praticamente um jogo que teve a primeira grande oportunidade para os visitantes, num falhanço quase escandaloso à boca da baliza.

Já apurado como líder do grupo, o Bayern de Munique não facilitou na receção ao Barcelona.

À equipa de Xavi Hernandez bastava um triunfo para seguir na prova, mas acabou goleada tal como já tinha sido em Lisboa ainda antes da contratação do antigo médio "blau grana". Debaixo de um nevão, os bávaros aplicaram uma "chapa 3" aos catalães e, no final, podemos dizer que foi o Benfica quem despromoveu o Barça à Liga Europa.

Ronaldo e Bruno de folga

No Grupo F, o jogo Atalanta - Villarreal foi suspenso devido à queda neve e vais ser jogado esta quinta-feira à tarde para decidir quem acompanha o Manchester United para os oitavos de final.

Sem Ronaldo nem Bruno Fernandes e, já agora também sem Diogo Dalot, a estreia europeia de Ralf Rangnick pelos "red devils" ficou-se por um discreto empate a um golo em Old Trafford diante dos suíços do Young Boys, suficiente ainda assim para garantir o primeiro lugar aos ingleses.

No grupo G, o Lille, com Renato Sanches e José Fonte no "11", foi a Wolfsburgo vencer, por 3-1, e garantiu o primeiro lugar. O Salzburgo derrotou o Sevilha e despromoveu os espanhóis à Liga Europa, a prova de que a equipa andaluz tanto gosta de ganhar.

No grupo H, a Juventus bateu o Malmoe em casa pela margem mínima e venceu o grupo. O Chelsea empatou a três golos com mo Zenite, em São Petersburgo.

FC Porto despromovido no Dragão

A derrota em casa do FC Porto acabou por ser a grande desilusão da prestação portuguesa desta semana de Liga dos Campeões.

Nesta derradeira jornada, os "dragões" receberam o Atlético de Madrid, que vinha de uma surpreendente derrota em casa diante do AC Milan.

A equipa de Sérgio Conceição dependia dela própria para carimbar o acesso aos oitavos de final, mas pecou na finalização, acabou derrotada (1-3) e despromovida à Liga Europa, beneficiando ainda assim do sexto triunfo em seis jogos do Liverpool, o campeão indiscutível deste grupo B.

O AC Milan, de Rafael Leão (não jogou devido a lesão) perdeu 1-2 e foi eliminada das provas europeias.

Sporting prepara futuro

No grupo C, com tudo já decidido à entrada para a derradeira jornada, Rúben Amorim cumpriu a promessa de rodar a equipa, proteger os "amarelados" e dar oportunidade aos mais jovens.

O Sporting, aliás, alinhou com o "11" mais jovem de sempre na Liga dos Campeões (média de 23 anos e 358 dias), incluindo seis titulares com menos de 21 anos. Um deles, Gonçalo Esteves, ainda nem fez os 18.

Para os últimos minutos, Amorim chamou Dário Essugo, agora o mais jovem de sempre a jogar na "Champions", aos 16 anos e 268 dias (o anterior recorde era de José Gomes, lançado pelo Benfica em 2016 com 17 anos 2 283 dias).

Quanto ao jogo, em Amesterdão e perante um estádio sem adeptos devido à Covid-19, os "leões" entraram arrojados diante do favorito e grande dominador do grupo, o Ajax, mas um penálti cometido por Daniel Bragança ainda antes dos 10 minutos precipitou o triunfo dos neerlandeses.

O Sporting ainda empatou num grande lance, concretizado de forma quase acrobtica por Nuno Santos, mas a maior experiência europeia dos anfitriões veio ao de cima e a ingenuidade dos "leõezinhos" fez o resto.

À beira do intervalo, Antony aproveitou uma "prenda" de Gonçalo Inácio e fez o 2-1. Na segunda parte, após escorregadela de Nuno Santos, David Neres dilatou para 3-1.

Amorim chamou a"artilharia" pesada ao jogo (Paulinho, Pedro Gonçalves e Sarabia), mas pelo meio o Ajax ainda fez o 4-1. A expetativa de nova goleada como a de Alvalade (1-5) voltou a pairar, mas o Sporting não baixou os braços, lutou para a evitar e conseguiu, reduzindo para 4-2 em mais um boa transição ofensiva concretizada por Bruno Tabata.

André Silva marca

De resto, no grupo A, o Manchester City, já com o primeiro lugar assegurado, foi derrotado (2-1) em Leipzig, com André Silva a marcar o segundo golo dos alemães, enquanto o Paris Saint-Germain goleou (4-1) em casa o Club Brugge, com Mbappé e Messi a bisarem. Os belgas acabaram fora das provas europeias.

No Grupo D, os já apurados Real Madrid e Inter de Milão enfrentaram-se em Espanha e os "merengues" impuseram-se, por 2-0. Na outra partida, o surpreendente Sheriff, da Moldávia, e o Shakthar Donetsk empataram a um golo na Ucrânia. Os moldavos seguem para a Liga Europa.

Das 15 equipas já com lugar assegurado nos oitavos de final, Benfica e Sporting estão no grupo dos segundos classificados.

No sorteio da próxima segunda-feira, "águias" e "leões" vão ter pela frente tubarões como Manchester City, o Liverpool, o Manchester United, o Real Madrid ou a Juventus. Ao Benfica pode ainda cair o Ajax e ao Sporting, o Bayern de Munique.

O brinde na tômbola dos cabeças será à partida o campeão francês, o Lille.