This content is not available in your region

Kosovo impõe cortes de energia para gerir défice de produção e custos da eletricidade

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
Trator passa perto da central termoelétrica Kosovo B, em Obilic
Trator passa perto da central termoelétrica Kosovo B, em Obilic   -   Direitos de autor  AP Photo/Visar Kryeziu, Arquivo   -  

O Kosovo decidiu combater a quebra da produção de eletricidade e os altos preços da consequente importação com cortes sistemáticos e temporários no abastecimento de energia à população.

As duas centrais termoelétricas a carvão do Kosovo, a A e a B, são antigas e têm sofrido diversas avarias, que afetaram a produção, e a rede nacional passou a ficar ainda mais dependente da importação, agora responsável por 40% do consumo nacional.

A distribuidora de eletricidade do Kosovo (KEDS) refere ter havido um aumento significativo do consumo de eletricidade no país em dezembro devido ao aquecimento, mas com a quebra na produção e os altos preços da importação, decidiu gerir a sobrecarga na rede e as despesas com cortes de duas horas em diversas regiões.

A medida foi ainda acompanhada por um apelo aos consumidores para economizarem energia num país onde a produção de eletricidade a carvão representa quase 95% da que é consumida pelos cerca de dois milhões de habitantes.

A empresa kosovar pediu ainda aos consumidores para desligarem os aparelhos elétricos, em especial os de aquecimentos, que têm maior consumo, nos momentos de corte da energia para evitar sobrecargas quando o abastecimento for relançado.

Outras fontes • Balkan Green Energy News