This content is not available in your region

França e Japão dominam Grand Slam de Paris

Access to the comments Comentários
De  Euronews
França e Japão dominam Grand Slam de Paris
Direitos de autor  Lewis Joly/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

O segundo dia do Grand Slam de Paris começou com uma celebração especial: O presidente da Federação Internacional de Judo, Marius Vizer, entregou ao presidente da federação saudita, Abdulaziz Albassam, a estatueta de Jigoro Kano, pelo prémio Judo pela Paz.

A final dos -81 kg, em masculinos, foi um duelo de titãs, entre Sotaro Fujiwara, do Japão, e Tato Grigalashvili, da Geórgia. Ao fim de um combate renhido, os espectadores presentes na Accor Hotels Arena assistiram à vitória do japonês. O secretário-geral da Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas, Zurab Pololikashvili, entregou as medalhas.

A francesa Margaux Pinot levou a melhor na final feminina de -70 kg, sobre Saki Niizoe, do Japão, para gáudio do público da casa. A ministra do desporto de França, Roxana Mărăcineanu, entregou as medalhas.

Outro japonês a conseguir a medalha de ouro neste segundo dia foi Sanshiro Murao, nos -90 kg, que venceu Mammadali Mehdiyev, do Azerbaijão, com um osoto-gari decisivo a garantir-lhe o ippon. Recebeu a medalha das mãos do empresário Patrick Bahadourian, convidado da Federação.

Audrey Tcheumeo garantiu que mais uma medalha de ouro ficava em casa, ao vencer a japonesa Mami Umeki na final dos -78 kg, em femininos. A medalha foi entregue pelo antigo primeiro-ministro de França Jean Pierre Raffarin: "Foi como uma montanha-russa emocional, difícil de gerir, mas consegui levar a luta até ao fim e acabei por vencer, o que é o mais importante", disse a judoca francesa.

Nos -100 kg, a final foi discutida entre o atual e o antigo campeão europeu. Tasoma Nikiforov, da Bélgica, derrotou Peter Paltchik, de Israel. Pascal Raffy, proprietário e diretor da Bovet, entregou as medalhas.

Disse Nikiforov: "O Judo é um desporto difícil. Treinamos muito, há muita competição, também treinamos juntos. Quando combato com ele fora das competições, ele torna-me mais forte, mas eu também o torno a ele mais forte. Essa é a diferença entre o judo e os outros desportos. Não acredito que Nadal e Federer joguem juntos fora dos Grand Slams, por isso o judo é diferente".

Não acredito que Nadal e Federer joguem juntos fora dos Grand Slams, por isso o judo é diferente.
Tasoma Nikiforov
Vencedor nos -100 kg masculinos (Bélgica)

Nos femininos, em -78 kg, Tomita Wakaba conseguiu mais uma medalha de ouro para o Japão, ao derrotar a judoca da casa Romane Dicko. O secretário-geral da Federação Internacional de Judo, Jean-Luc Rouge, entregou as medalhas.

A competição fechou com a final dos +100 quilos, em masculinos, em que Tsetsentsengel Odkhuu, da Mongólia, derrotou Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, e recebeu das mãos de Alexander Baev, convidado da Federação, a última medalha de ouro deste torneio.