This content is not available in your region

Explosão em hotel de luxo de Havana mata nove pessoas e fere 40

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Hotel Saratoga ficou parcialmente destruído após explosão
Hotel Saratoga ficou parcialmente destruído após explosão   -   Direitos de autor  AP Photo/Ramon Espinosa

Uma forte explosão no Hotel Saratoga, no centro de Havana, capital de Cuba, provocou pelo menos nove mortos e quatro dezenas de feridos, incluindo 11 em estado grave.

Mais de dez pessoas continuavam desaparecidas horas depois do incidente.

O edifício ficou parcialmente destruído e até o presidente cubano, Miguel Diaz Canel, se deslocou ao local para avaliar os danos, na companhia do primeiro-ministro e do presidente do Parlamento.

Pelas redes sociais, a presidência cubana adiantou a causa provável da explosão como um acidente e a principal suspeita passa por uma fuga de gás.

O hotel Saratoga é um dos mais emblemáticos de Havana e já hospedou personalidades como Madonna, membros dos Rolling Stones ou o ator norte-americano Will Smith.

O edifício foi construído num estilo neoclássico em 1880 e tem 96 quartos.

As operações de busca e resgate por mais sobreviventes continuam