This content is not available in your region

Hassan Cheikh Mahmoud volta à presidência da Somália

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Presidente eleito da Somália Hassan Sheikh Mohamud
Presidente eleito da Somália Hassan Sheikh Mohamud   -   Direitos de autor  HASAN ALI ELMI/AFP or licensors   -  

ONU e União Europeia felicitaram a eleição do novo presidente da Somália, destacando um escrutínio "ordeiro e pacífico" e apelando à rápida nomeação de um governo que permita fazer avançar "importantes esforços de reconciliação" no país pobre e instável do Corno de África, paralizado há mais de um ano por uma profunda crise política.

Hassan Cheikh Mahmoud, de 66 anos, foi eleito este domingo pelos deputados somalis, destronando o chefe de Estado cessante, Mohamed Abdullahi Mohamed e regressando ao posto que já tinha ocupado entre 2012 e 2017.

O presidente eleito diz-se preparado para "resolver" todos os contenciosos e prometeu que não haverá qualquer "vingança ou perseguição política".

Para além da reconciliação política e de uma situação económica catastrófica, o novo chefe de Estado terá ainda como preocupações principais a ameaça da fome, consequência de um período de seca histórico na região, bem como a luta contra os islamitas radicais do grupo Al-Shabab, afiliado à rede da Al-Qaeda desde 2012.