This content is not available in your region

Covid-19: Xangai começa a desconfinar lentamente

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Filas para vacinação em Xangai
Filas para vacinação em Xangai   -   Direitos de autor  AFP

Xangai começa a desconfinar, após seis semanas de isolamento por causa de um surto de infeções pelo Sars-Cov2.

Mas não é ainda uma liberdade total. No bairro de Jing'an, no centro de Xangai, as saídas são autorizadas apenas duas horas para passeios ou compras, próximo das residências, com registo de entradas e saídas e controlo dos registos individuais de saúde.

O desconfinamento faz-se a ritmos diferentes, em diversas áreas da cidade.

As autoridades anunciaram que a cidade reabriria completamente em junho, sem darem qualquer informação mais detalhada.

Durante este surto morreram 500 pessoas de Covid-19 , na maioria idosos e pessoas com outras patologias associadas.

As autoridades encorajam os idosos a vacinarem-se.

No distrito de Chongming, no norte de Xangai, a taxa global de vacinação entre as pessoas com mais de 60 anos, atingiu esta terça-feira 67%.