This content is not available in your region

Apresentadoras de TV afegãs obrigadas a cobrir o rosto

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Apresentadora afegã de TV, Sonia Niazi
Apresentadora afegã de TV, Sonia Niazi   -   Direitos de autor  Ebrahim Noroozi/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

No Afeganistão, as autoridades já estão a implementar as novas ordens segundo as quais todas as apresentadoras de televisão têm de cobrir o rosto enquanto estão no ar.

A ordem, emitida na quinta-feira passada, foi condenada por ativistas de direitos.

Antes, o ministério da Informação e Cultura havia anunciado que a decisão era final e não estava sujeita a negociação.

Este tipo de hijab (que cobre o rosto) não tem qualquer justificação islâmica e não está na nossa cultura
Sonia Niazi
Apresentadora de TV no Afeganistão

"Antes do decreto do governo Talibã usávamos o hijab (véu), tanto no ecrã como fora dele, porque esta é uma das nossas obrigações (islâmicas). Graças a Alá somos muçulmanos, mas este tipo de hijab (que cobre o rosto) não tem qualquer justificação islâmica e não está na nossa cultura.
É algo externo que nos é imposto e que pode criar-nos problemas ao apresentarmos os nossos programas", afirma Sonia Niazi, apresentadora de televisão do canal, TOLOnews.

Após assumirem o poder em agosto passado, depois da retirada dos aliados ocidentais, a liderança Talibã tem vindo a implementar novas regras.

Nas últimas semanas as autoridades aumentaram as restrições sobre a liberdade das mulheres, um gesto que contraria promessas anteriores feitas por funcionários do governo.