Manifestantes de mãos dadas pela adesão da Ucrânia à União Europeia

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AP
Corrente humana pela Ucrânia, em Bruxelas
Corrente humana pela Ucrânia, em Bruxelas   -   Direitos de autor  Imagem AP

Um grupo de manifestantes formou uma corrente humana no exterior do edifício da Comissão Europeia, em Bruxelas, este domingo. Uma forma de demonstrar apoio à candidatura para a adesão da Ucrânia à União Europeia.

Andrea Castagna, um dos promotores do evento, organizado pela Promote Ukraine, afirmava que a "União Europeia ficará, definitivamente, mais forte" com a Ucrânia porque se trata de "um país que tem muito a oferecer à UE em termos de produtos alimentares, em termos de indústria".

Yana Brovdiy, outra organizadora, dizia que estão na "vanguarda" e que os "estados membros relutantes" em conceder à Ucrânia este estatuto "devem compreender que se a Ucrânia não entrar, a União Europeia e muitos Estados membros estarão sob ameaça".

Representantes ucranianos fizeram vários apelos, nas últimas semanas, para que o seu país seja designado candidato à adesão à UE, uma iniciativa que aproximaria esta Nação, devastada por uma guerra provocada pela Rússia, do bloco forte europeu, ainda que não garanta a sua admissão.

Outras fontes • FPE, CEE