This content is not available in your region

Bolsas começam semana com fortes quedas

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Bolsas europeias em forte queda
Bolsas europeias em forte queda   -   Direitos de autor  AFP

Esta foi uma segunda-feira negra para as bolsas mundiais. A publicação dos números da inflação nos Estados Unidos, a par do aumento nas taxas de juro, fez com que a maioria dos índices bolsistas da Europa tenha terminado o dia m forte quebra. As praças de Paris, Frankfurt, Madrid e Milão fecharam com quedas a rondar os 2,5% nos índices principais. O índice Stoxx 600 caiu para o nível mais baixo desde março do ano passado.

A Reserva Federal Norte-americana publicou sexta-feira os números da inflação em maio, com uma taxa de 8% por cento, a mais alta em mais de 50 anos, o que lançou uma onda de incerteza, não só nas bolsas, como também no mercado de dívida. Os juros da dívida italiana a dez anos subiram acima dos 4%, o que não acontecia desde 2014.

A forte subida dos preços, em particular da alimentação e da energia, está a ser estimulada pela guerra na Ucrânia. Estes altos níveis de inflação estão a pressionar os bancos centrais para que tomem medidas mais agressivas em termos de política monetária, o que faz aumentar o receio de uma recessão generalizada.