This content is not available in your region

Arranca a digressão mundial de Ibrahim Maalouf

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP
euronews_icons_loading
Ibrahim Maalouf em concerto
Ibrahim Maalouf em concerto   -   Direitos de autor  AFP

O trompetista franco-libanês Ibrahim Maalouf lançou a digressão mundial do seu novo álbum "Capacity to Love" durante o festival "Les escales du Cargo", em Arles. 

 novo trabalho explora as culturas urbanas e o hip-hop. O músico explicava que neste tralho discográfico fez "muitas, muitas colaborações com muitos, muitos artistas, muito diferentes, que vêm de muitos mundos diferentes". A ideia foi "integrá-los" na sua música, fazer algo de que gostasse, "através da diferença, mesmo que não corresponda", necessariamente, ao que tem feito nos últimos 25, 30 anos.

Nascido em Beirute, a capital libanesa, Maalouf tem a particularidade de tocar um trompete com quatro válvulas um instrumento inventado pelo seu pai na década de 60 do século passado. Não foi amor à primeira vista mas hoje é a sua paixão.

"Tenho a sorte de tocar um instrumento que, hoje, gosto muito. Costumo dizer que não gostava muito do trompete no início, (...) mas aprendi a gostar (...) e, para além disso, o meu foi inventado pelo meu pai, o que é como uma espécie de vetor que me permite tocar todas as músicas de que gosto, essa é uma oportunidade incrível."
Ibrahim Maalouf
Músico

E permite-lhe fazer experiências. O também compositor dizia sentir-se, de facto, um "experimentador": experiências que "às vezes corre bem, às vezes não, é a vida", é sente-se como "um investigador a fazer experiências".

Os concertos desta digressão vão continuar por terras gaulesas até 2023.