This content is not available in your region

Jordânia promete investigação exustiva à explosão no porto de Aqaba

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Operação de investigação no porto de Aqaba, na Jordânia
Operação de investigação no porto de Aqaba, na Jordânia   -   Direitos de autor  Raad Adayleh/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

O governo jordano promete uma "investigação exaustiva" às causas da explosão que na segunda-feira matou 13 pessoas e deixou feridas cerca de 260, no porto do Mar Vermelho de Aqaba.

Entre os mortos há cinco cidadãos estrangeiros; entre os feridos, que foram visitados pelo primeiro-ministro, Bisher al-Khasawneh, esta terça-feira, há numerosos cidadãos asiáticos.

A explosão ocorreu quando uma grua que carregava tanques de cloro num navio deixou cair um deles, causando uma enorme explosão de fumo amarelo tóxico.

As causas do acidente são ainda desconhecidas.

A maior parte das atividades no porto foram retomadas esta terça-feira, à exceção do local do incidente, que está a ser inspecionado e limpo.