This content is not available in your region

NASA revela foto do "James Webb" de galáxias com mais de 13 mil milhões de anos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Presidente dos EUA, Joe Biden, assiste à revelação da primeira imagem do telescópio espacial James Webb
Presidente dos EUA, Joe Biden, assiste à revelação da primeira imagem do telescópio espacial James Webb   -   Direitos de autor  Evan Vucci/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved   -  

A NASA revelou, esta segunda-feira, na Casa Branca, a primeira imagem científica e colorida do telescópio James Webb, o mais poderoso telescópio espacial alguma vez construído.

Perante os olhos do presidente Joe Biden, que considerou o dia "histórico", e do mundo, foi revelada a imagem mais distante do universo alguma vez captada. Nela é possível ver as primeiras galáxias formadas logo após o Big Bang, há mais de 13 mil milhões de anos

"É uma nova janela para a história do nosso universo. E hoje vamos ter um vislumbre da primeira luz a brilhar através dessa janela. Luz de outros mundos, estrelas em órbita muito para além do nosso mundo, acho espantoso quando li isso", afirmou o líder dos Estados Unidos da América.

O James Webb (JWST), avaliado em 10 mil milhões de dólares, foi lançado em dezembro do ano passado e é visto como o sucessor do famoso Telescópio Espacial Hubble.

Tem como missão realizar todo o tipo de observações nos céus e dois objetivos bem definidos: tirar fotografias das primeiras estrelas a brilhar no Universo e sondar planetas longínquos para ver se podem ser habitáveis.

Após a primeira fotografia, seguem-se mais quatro registos em que a NASA dará a conhecer um pouco mais da beleza galática fora do nosso sistema solar.