This content is not available in your region

Portugal em alerta vermelho

Access to the comments Comentários
De  euronews  com Lusa
Incêndio em Quebrada de Baixo, freguesia de Freixianda, concelho de Ourém, 09 de julho de 2022
Incêndio em Quebrada de Baixo, freguesia de Freixianda, concelho de Ourém, 09 de julho de 2022   -   Direitos de autor  PAULO CUNHA/ 2022 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.   -  

O grande incêndio que lavra há alguns dias nos distritos de Santarém e Leiria, no centro de Portugal, devorou já várias habitações e centenas de pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas. 16 distritos em alerta vermelho para o calor e risco de incêndio em Portugal.

Cerca de 300 pessoas já foram retiradas da freguesia de Freixianda, no concelho de Ourém, devido ao incêndio que começou na quinta-feira neste município do distrito de Santarém, informou esta terça-feira a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Já no distrito vizinho de Leiria, no concelho de Alvaiázere, o presidente da Câmara Municipal, João Guerreiro, afirmou que várias casas arderam e que diversas localidades tiveram de ser evacuadas

O país está a ser atravessado por uma onda de calor invulgar, mesmo para a época.

De acordo com os meteorologistas, uma massa de ar sobreaquecida e ventos quentes africanos estão elevar as temperaturas na Península Ibérica para além dos máximos habituais.

Condições climatéricas que complicam a atividade dos bombeiros e que devem prolongar-se até ao fim de semana.

No sábado, o Governo de português declarou o estado de contingência até sexta-feira. Atividades agrícolas ou eventos ao ar livre junto a áreas florestais deverão ser canceladas.