This content is not available in your region

Russos intensificam ataques no Donbass

Access to the comments Comentários
De  euronews
Em Chasiv, equipas de resgate recuperaram mais de quatro dezenas de cadáveres de civis dos escombros de um edifício
Em Chasiv, equipas de resgate recuperaram mais de quatro dezenas de cadáveres de civis dos escombros de um edifício   -   Direitos de autor  AFP   -  

As forças invasoras russas intensificam a ofensiva na região de Donetsk, no leste da Ucrânia, numa tentativa de controlarem toda a região do Donbas, depois de terem conquistado a província de Luhansk.

As forças ucranianas continuam a atacar os russos, tentando limitar o avanço pelo território. Moscovo denunciou, esta terça-feira, um ataque das forças de Kiev a Energodar, na região sul de Zaporizhzhya, perto da central nuclear ocupada pelas tropas russas.

Uma informação ainda não confirmada.

Entretanto, mais a sul, de acordo com as autoridades ucranianas, 12 civis ficaram feridos depois de 19 mísseis russos terem caído sobre a cidade portuária do Mar Negro.

Em Chasiv, equipas de resgate recuperaram mais de quatro dezenas de cadáveres de civis dos escombros de um edifício que ruiu após ter sido bombardedo pelas forças russas no sábado.

No entanto, a guerra faz-se também longe da frente de combate. Em Bruxelas, a União Europeia autorizou um empréstimo de emergência à Ucrânia.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, anunciou que "os ministros (das Finanças) aprovaram a concessão de mil milhões de euros de assistência macrofinanceira à Ucrânia. Esta é uma primeira parte do excecional pacote de assistência macrofinanceira da União Europeia, até nove mil milhões de euros, para ajudar a apoiar a estabilidade macroeconómica da Ucrânia e lidar com os desafios causados pela guerra brutal da Rússia".

Os Estados Unidos da América anunciaram, esta terça-feira, que vão transferir para o Governo ucraniano, através do Banco Mundial, mais 1600 milhões de euros em ajuda financeira.