This content is not available in your region

Aumentam as mortes por varíola dos macacos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Espanha regista segunda morte por varíola dos macacos
Espanha regista segunda morte por varíola dos macacos   -   Direitos de autor  AP Photo/Rick Bowmer   -  

O Ministério da Saúde de Espanha anunciou este sábado a segunda morte por varíola dos macacos.

Segundo o último balanço feito pelas autoridades, no país há cerca de 4.300 pessoas infetadas e 120 doentes internados.

A campanha de vacinação começou na semana passada com um número limitado de vacinas. Os médicos dão prioridade aos grupos de risco onde foram identificadas a maioria dos casos. Trata-se de homens que têm relações sexuais com outros homens ou com mulheres transexuais.

A campanha de vacinação também arrancou em Paris e em Londres. Na capital britânica, Harun Tulunay foi infetado e considera que “o governo não reagiu com a rapidez suficiente”. Quando foi visto no hospital disseram-lhe para ir para casa e só mais tarde foi internado.

Ontem, o estado de Nova Iorque declarou o estado de emergência por causa do aumento dos casos nos últimos dias, principalmente concentrados na cidade de Nova Iorque. De acordo com a declaração de emergência, o estado conta agora 1400 casos.

Em todo o mundo, já foram detetados mais de 18 mil casos de varíola dos macacos. Em Portugal foram confirmados 588 casos.