This content is not available in your region

Confinamento na ilha chinesa de Hainan por causa da Covid-19

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Praia na ilha de Hainan, China
Praia na ilha de Hainan, China   -   Direitos de autor  AFP

Mais de 80 mil turistas estão confinados na ilha de Hainan, o Hawai chinês, por causa de um surto de Covid-19.

Foram detetados 483 casos positivos na cidade balneária de Sanya.

Todos os voos foram suspensos este fim de semana.

Os turistas que quiserem sair têm de apresentar cinco testes PCR negativos em sete dias.

Os hotéis da cidade devem oferecer aos hóspedes um desconto de 50% até que as restrições de viagem sejam levantadas.

Em Sanya, locais públicos de entretenimento tais como spas, bares de karaoke e outros espaços de diversão estão fechados desde a semana passada, mas serviços essenciais tais como supermercados e farmácias permanecem abertos.

A China é a única grande economia a manter a estratégia zero covid, impondo confinamentos e longas quarentenas.