This content is not available in your region

Ofensiva russa no leste da Ucrânia e explosões na Crimeia

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Ofensiva russa no leste da Ucrânia
Ofensiva russa no leste da Ucrânia   -   Direitos de autor  UGC vía AP

A região do Donbass, na Ucrânia, continua a ser palco de combates - a cidade de Bakhmut foi alvo de bombardeamentos e ficou envolvida em colunas de fumo. As forças ucranianas continuam a tentar resistir ao avanço do exército russo em Donetsk e Luhansk - duas regiões fortemente devastadas pela guerra. Enquanto os serviços de emergência tentam dar resposta aos feridos.

Na Crimeia, território anexado pela Rússia em 2014, ouviram-se uma série de fortes explosões perto de um aeródromo militar. Segundo o Ministério da Defesa russo, não se tratou de um ataque ucraniano, mas sim de um explosão num armazém de munições.

Aproximadamente 30 pessoas tiveram de ser deslocadas desta zona de onde saem aviões militares russos todos os dias. No seu habitual discurso diário, na terça-feira à noite, o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, mencionou a situação na Crimeia, dizendo que é impossível estabelecer uma paz estável e duradoura na região e nos países vizinhos, enquanto a Rússia utilizar a península como base militar.

Aumentam os receios da comunidade internacional em relação a uma catástrofe nuclear se os bombardeamentos não pararem em torno da central nuclear de Zaporíjia, mas o governador da região adiantou que não houve qualquer alteração nos níveis de radiação.