Governo do Montenegro declara três dias de luto por massacre

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Polícia investiga local do crime, em Centinje, Montenegro
Polícia investiga local do crime, em Centinje, Montenegro   -   Direitos de autor  Risto Bozovic/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

O governo do Montenegro declarou três dias de luto nacional em homenagem às vítimas do massacre desta sexta-feira. De acordo com testemunhas, um homem munido de uma caçadeira disparou aleatoriamente pelas ruas da cidade de Cetinje, dando início a um tiroteio do qual resultaram pelo menos 11 mortos e seis feridos.

Entre as vítimas mortais estão duas crianças, de oito e 11 anos, e a respetiva mãe, que viviam como inquilinos na casa do agressor.

O atirador foi também abatido a tiro, mas por outro cidadão que passava no local.

Em declarações aos jornalistas, o primeiro-ministro montenegrino, Dritan Abazović, lamentou a "tragédia sem precedentes" no país e pediu à população que "mantenha as famílias das vítimas nos seus pensamentos". O líder do governo disse ainda estar a rezar "para que todos os feridos, especialmente os feridos graves, sobrevivam".

As autoridades já conhecem a identidade do atacante, um homem de 34 anos, a que optaram por identificara com as iniciais "V.B.". 

De acordo com os média locais, o tiroteio terá começado durante uma discussão familiar. No entanto, a polícia ainda não revelou as causas por trás do ataque.