This content is not available in your region

Antigo membro do comité olímpico japonês suspeito de corrupção

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Sede da Aoki Holdings Inc. em Yokohama
Sede da Aoki Holdings Inc. em Yokohama   -   Direitos de autor  Kyodo News via AP

As autoridades japonesas anunciaram a detenção de um antigo membro da direção do comité olímpico de Tóquio 2020 sob suspeita de corrupção.

Segundo o gabinete do procurador, o antigo membro do comité olímpico Haruyuki Takahashi era igualmente executivo de uma agência de publicidade e é suspeito de ter recebido subornos.

Juntamente com o antigo executivo, outros três elementos de uma empresa de vestuário foram igualmente detidos.

Até ao momento, acredita-se que os subornos estariam relacionados com o patrocínio dos jogos e produtos relacionados com os Jogos Olímpicos.

No centro do escândalo estaria a empresa de vestuário Aoki, uma escolha surpresa para vestir a equipa olímpica japonesa.

O escândalo poerá comprometer a candidatura do Japão aos Jogos Olímpicos de Inverno previstos para Sapporo em 2030.