This content is not available in your region

Inundações no Afeganistão, Índia e Sudão deixam dezenas de mortos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
As inundações no Afeganistão, Índia e Sudão deixaram várias vítimas mortais.
As inundações no Afeganistão, Índia e Sudão deixaram várias vítimas mortais.   -   Direitos de autor  Ashwini Bhatia/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved   -  

No Afeganistão, as fortes inundações, provocadas por chuvas sazonais, originaram a morte de pelo menos nove pessoas e arrasaram casas, destruíndo gado e terras agrícolas no leste do país, de acordo com as autoridades. Os habitantes locais confirmam e lamentam o sucedido.

"Trata-se de uma inundação sem precedentes na história de Khushi. Destruiu todos os animais, casas e terras agrícolas do povo. As pessoas estão sem abrigo e procuraram refúgio nas montanhas", disse Del Agha, habitante do distrito de Khushi.

Já no norte da India, pelo menos 40 pessoas morreram e várias estão desaparecidas na sequência de inundações repentinas, causadas por monções, que afetaram o país nos últimos três dias, de acordo com fontes oficiais. Há inclusivamente registo de pontes destruídas em várias cidades indianas.

Também no Sudão, as cheias já provocaram a morte de quase uma centena de pessoas desde junho. As Nações Unidas dão conta de perto de 136 mil sudaneses afetados pelas cheias. A estação chuvosa no Sudão começa geralmente em junho e prolonga-se até setembro. O pico das chuvas costuma ser observado entre agosto e setembro.