This content is not available in your region

Aprovado estatuto de mobilidade da CPLP

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
António Costa recebido por Filipe Nyusi em Moçambique
António Costa recebido por Filipe Nyusi em Moçambique   -   Direitos de autor  LUÍSA NHANTUMBO/LUSA   -  

Viajar entre os outros países membros da CPLP e Portugal é agora mais fácil, com a aprovação, em Conselho de Ministros, do estatuto de mobilidade decidido na última cimeira. Essa é uma das novidades que António Costa levou a Moçambique, na visita oficial para a quinta cimeira Portugal-Moçambique, em que tanto o primeiro-ministro português como o presidente moçambicano Filipe Nyusi quiseram demonstrar a força dos laços entre os dois países.

Laços que prometem ser ainda mais fortes com a entrada em vigor das nossas regras: "Uma regra muito simples é que, aos cidadãos de um Estado-membro da CPLP que peçam qualquer tipo de visto para entrar em Portugal, esse visto deve ser imediatamente concedido, a menos que haja uma ordem de expulsão ou uma interdição de entrada no espaço Schengen", explicou Costa.

Nyusi aproveitou a presença de Costa para anunciar estar em estudo a construção de uma segunda plataforma de gás natural para responder à necessidade da Europa de encontrar alternativas ao fornecimento russo. A cimeira foi ainda pretexto para a assinatura de vários protocolos entre os dois países. O próximo encontro deste género vai ter lugar em Portugal, ainda sem data marcada, segundo anunciou António Costa.