Ex-polícia condenado por assalto ao Capitólio dos EUA

Access to the comments Comentários
De  euronews
Thomas Webster foi condenado a 10 anos de prisão por participar no assalto ao Capitólio
Thomas Webster foi condenado a 10 anos de prisão por participar no assalto ao Capitólio   -   Direitos de autor  AP

Um tribunal dos Estados Unidos da América condenou, esta sexta-feira, Thomas Webster a 10 anos de prisão por participar no assalto ao Capitólio, em Washington, no dia 06de janeiro de 2021.

Webster, um antigo marine e polícia de Nova Iorque, de 56 anos, foi filmado a agredir um agente da polícia durante a invasão do edifício pelos apoiantes do antigo presidente Donald Trump.

O advogado de defesa, James Monroe, afirmou que "hoje, o Sr. Webster foi responsabilizado pelas suas ações no Capitólio no dia seis de janeiro. Espero que depois de hoje, como americanos, possamos juntar-nos e começar a falar de coisas como perdão, e bondade e paz.".

Durante o processo, os advogados de Thomas Webster alegaram que o homem agiu em legítima defesa.

Há mais de 700 pessoas acusadas de vários crimes relacionados com o assalto ao edifício do Congresso norte-americano, segundo o Departamento de Justiça.

Esta é a maior condenação, até hoje.

Cinco pessoas morreram e 140 ficaram feridas durante a invasão do edifício do Capitólio de uma multidão de apoiantes do ex-presidente Donald Trump durante uma sessão conjunta da Câmara e do Senado para ratificar a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro de 2020.