This content is not available in your region

A memória de Mikhail Gorbachev vive em Privolnoye

Access to the comments Comentários
De  euronews
A memória de Mikhail Gorbachev vive em Privolnoye
A memória de Mikhail Gorbachev vive em Privolnoye   -   Direitos de autor  Alexander Zemlianichenko/The Associated Press   -  

Privolnoye é uma localidade com pouco mais de três mil habitantes no sul da Rússia que passaria perfeitamente despercebida se não fosse a terra natal de Mikhail Gorbachev.

A morte do último líder da União Soviética levou os habitantes locais a reabrir o baú das memórias.

Maria Ignatova foi sua colega na escola, no nono ano, e lembra "um jovem alegre e inteligente, que tinha uma participação ativa na vida escolar e entrava em performances artísticas e que era ainda secretário da juventude comunista."

Apesar de ter passado a maior parte da vida em Moscovo, a mais de mil quilómetros, Gorbachev nunca esqueceu a terra que o viu nascer e desempenhou um papel importante para o seu desenvolvimento.

As autoridades locais recordam que o Nobel da Paz de 1990 "ajudou muito a aldeia sempre que lhe foi pedido e foi decisivo para a construção da igreja."

O filho pródigo terá sempre um lugar especial em Privolnoye, mesmo que o seu legado no país não seja consensual. A dissolução da União Soviética mergulhou a Rússia numa crise profunda e não falta quem aponte o dedo a Gorbachev pelas dificuldades vividas pelos russos.

O Kremlin também se distanciou do antigo líder e Gorbachev foi a sepultar sem direito a funeral de Estado e com Vladimir Putin a destacar-se pela ausência, justificando-se com uma agenda preenchida.