This content is not available in your region

Israel pede "memória comum" do holocausto

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Isaac Herzog no Bundestag
Isaac Herzog no Bundestag   -   Direitos de autor  Markus Schreiber/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved   -  

Depois de Munique, o presidente de Israel esteve esta terça-feira em Berlim e participou na sessão do parlamento alemão. Isaac Herzog sublinhou a importância de uma relação mais forte entre Alemanha e Israel e de uma “memória comum do Holocausto”.

“_Só através do encontro, do aprofundamento das relações, do empenho mútuo persistente na liberdade, na humanidade, na democracia e com uma promessa inabalável de fidelidade à liberdade e segurança do Estado de Israel e ao bem-estar do povo judeu, é que podemos assegurar o significado das homenagens e ser um exemplo para todo o mundo_” declarou Isaac Herzog frente aos deputados alemães,

Depois de passar pelo parlamento, o presidente israelita visitou o Memorial do Holocausto em Berlim, acompanhado pelo homólogo alemão, Franck-Walter Steinmeier. A seguir, participou em outra cerimónia no local do campo de concentração de Bergen-Belsen.

As cerimónias desta terça-feira aconteceram depois dos dois presidentes terem assinalado os 50 anos do massacre nos Jogos Olímpicos de Munique. Frank-Walter Steinmeier pediu esta segunda-feira "perdão" aos familiares das vítimas israelitas do atentado, assumindo a responsabilidade do país pelos vários "fracassos" que aconteceram durante o ataque.