União Europeia em discussão no debate eleitoral entre Meloni e Letta

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Giorgia Meloni, líder do partido "Irmãos de Itália", candidata às eleições legislativas em Itália
Giorgia Meloni, líder do partido "Irmãos de Itália", candidata às eleições legislativas em Itália   -   Direitos de autor  AP Photo

A 13 dias das eleições legislativas em Itália, o jornal Corriere della Sera juntou os dois principais adversários no único frente-a-frente desta campanha eleitoral.

Os preços da energia e as relações com a Europa foram temas principais do debate entre o líder do Partido Democrático, Enrico Letta e a líder do partido "Irmãos de Itália", Giorgia Meloni.

"Há uma Alemanha que não concorda com o preço do gás porque tem contratos com a Rússia sob os quais as empresas alemãs pagam um terço do que as empresas italianas pagam pelo gás, o que também cria um problema de competitividade. Queremos uma Europa em que a Itália possa também defender os seus interesses e procurar soluções juntamente com outros", afirmou Meloni.

Letta criticou Meloni pela sua admiração pelos governos da Hungria e da Polónia, e defendeu uma Europa solidária.

"Para nós a Europa que funciona é a da solidariedade, aquela que se uniu após a pandemia e fez a extraordinária escolha de dar à Itália o dinheiro do Mecanismo de Recuperação e Resiliência. Essa é a Europa que funciona e que queremos fazer avançar. Mas precisamos de suprimir o direito de veto e de assegurar que temos a capacidade de ser eficazes e intervir nos domínios em que a Europa não pode intervir devido ao bloqueio das decisões dos que não renunciam ao seu direito de veto", disse.

Os eleitores da quarta maior economia da Europa votam a 25 de setembro. O partido "pós-fascista" de Meloni, numa aliança tripartida com a Liga, de Matteo Salvini, e a Forza Italia, de Silvio Berlusconi, lidera as intenções de voto cerca de 48%

A aliança de centro-esquerda, liderada por Enrico Letta, tem 29%.