This content is not available in your region

Gripe aviária registou recorde na Europa em 2021-2022

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Aves mortas em exploração agrícola em França
Aves mortas em exploração agrícola em França   -   Direitos de autor  GAIZKA IROZ/AFP or licensors   -  

A Europa registou, em 2021-2022, a pior época epidémica de sempre em termos da gripe aviária.

Os dados são do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC) e da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), que contabilizaram perto de 2500 surtos em aves de capoeira, com quase 48 milhões de animais abatidos nas explorações em causa, e perto de 3600 casos em aves selvagens.

O alerta é ainda dado para a "extensão geográfica" dos surtos, classificada como "inédita" e que vai das ilhas Svalbard, arquipélago norueguês no Ártico, até ao sul de Portugal, afetando, no total, 37 países na Europa. 

A França é o país mais afetado, com quase 1400 surtos em explorações agrícolas na época epidémica em questão.

As agências sublinham, no entanto, que "apesar do número excecionalmente grande de casos", não houve, nos últimos anos, "qualquer transmissão humana" no território europeu.